sexta-feira, julho 24

Three words, eight letters.

Queria poder voar. Voar pra dentro de seus pensamentos. Encantar-me-ia te entender assim como Newton entendia de física. Gostaria de conhecer-te assim como conheço o sabor de um sorvete de brigadeiro. E o porquê disso é a coisa mais obvia do mundo, se bem que as coisas mais obvias são as mais difíceis de ver; Então explicarei: Apreciaria tal fato pelo simples motivo de que estou ‘enamorada’. Enamorada pelo mundo, e de uns tempos para cá você se tornou o meu mundo. Acordo pensando no que você está fazendo, vou dormir pensando no que você estará pensando naquele momento. Quando estou ao seu lado tudo muda. A terra gira mais devagar, embora o meu coração bata mil vezes mais rápido do que o de costume. Minhas amigas me olham e notam que algo mudou. Atualmente seus pensamentos dominam os meus. Gostaria de saber o que me domina. Concorda que é estranho estar envolvida por algo tão pouco conhecido? É isso que mais me impressiona, pra falar a verdade. Não sei como isso foi acontecer. Agora é só olhar pro nada e já vejo o que me é de tudo, você. Vejo-me atualmente em uma situação pouco comum, e é isso que assusta e encanta. O novo. A sede pelo conhecimento de algo ainda desconhecido. A vontade de viver essa paixão tão avassaladora que fez com que eu passasse a ter não só borboletas no estomago e sim um zoológico inteiro. Um zoológico que ultimamente tem estado em festa constantemente. Não me deixam mais dormir e nem mesmo pensar em outra coisa a não ser o motivo da festa.
É então que me questiono: Quando isso tudo não for mais novo, nem mesmo desconhecido, a festa acabará? Espero que não, pois embora seja uma sensação incomoda, é uma sensação incomodamente maravilhosa.

11 comentários:

João disse...

Paixão é complicado mesmo...Bonito o que você escreveu. Espero que aconteça exatamente o que você disse! =D

Linhares.

Anônimo disse...

Porrãã, você dá mole dona Marina, essas historinhas no seu blog sao bem escritas, porque você não dedica um pouco de tempo a escrever um livro? Vai ser dificil haverão horas que vc vai querer parar, mas acho que você leva jeito, espero que leia isso e siga o conselho.
Bem, fica ai a dica

Abraços,
Anônimo hahahaha

Bruna disse...

Olha que fofo, gente... Minha amiga tá apaixonada!! Ela não é tão linda? hahahaha
Marininha, você sabe que eu desejo que tudo dê certo nessa situação aí né? E vai dar =)

Beijos

Marina Morena disse...

Bruna, eu não estou apaixonadaaaa !! é só um textinho bobo.

Juliana Faria disse...

WOW.
É, você está apaixonada. Ou é, como você disse, "só um textinho bobo". O que você prefere que seja? ;)

Nossa, adorei o texto, definitivamente.

Marina Morena disse...

você é ridicula juliana, te amo.

Marcela Raposo disse...

AMOR, NÓS ESTAMOS NA FESTA JUNTAS! EU CHEGUEI UM POUCO ANTES MAS VEJO QUE AGORA ESTAMOS CURTINDO A FESTA NA MESMA SINTONIA! E EU TE RESPONDO, A FESTA NÃO VAI ACABAR ATÉ QUE NÓS A DEIXEMOS ! LOVE YO

PS GUESS WHAT ? texto perfeito.

Nathalia disse...

A festa nunca acaba, xuxu ;)

Te amo (nossa social é para sempre também !) =D

Juliana Faria disse...

"Nossa social é pra sempre também"

Hahahaha, muito bom!

Ana Beatriz disse...

Nooossa Mari da minha vida, ta lindoo o texto, amei amei mesmo!fica tranquila que a festa so ta começando...hahah beijão

Bella disse...

É liindo o seu texto !! Realmente acontece o que está no texto.. quando não é mais novidade a festa acaba... Mas nem sempre !!! (:
Amei o texto eo blog, beijoos !!